Clipping 29/09 + Cultura

Terça Feira – 29 de setembro – O apresentador Cid Moreira, umas das pessoas mais imitadas do Brasil, assopra 88 velinhas.

E eu com isso?

A gente fica um tempão aqui falando sobre a situação econômica, dólar, austeridade, etc, e muita gente acaba pensando “e eu com isso? Não vou pra Miami mesmo..!”. Agora vamos pensar: a gente concorda que esse assunto pode ser meio chato, mas se tem tanta gente falando dele, então no mínimo importante ele deve ser, né? Se isso ainda não te convenceu de que as oscilações econômicas afetam a vida de todo mundo, se liga nessa notícia que saiu hoje de manhã: uma obra no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) foi completamente paralisada e todas as 800 (oitocentas) pessoas que trabalhavam nela foram mandadas embora. As justificativas para a paralisação da obra foram os “insustentáveis impactos sobre o contrato, decorrentes da crise econômica e seus efeitos no câmbio”. Ou seja: a economia do Brasil tá uma merda, as coisas vão de mal a pior, o dólar sobe absurdamente e os contratos negociados nessa moeda se tornam insustentáveis, assim como os materiais e peças importadas de fora. No fim, o Seu Antônio que trabalhava lá no almoxarifado da obra recebeu um pé tamanho 42 na bunda por causa de dólar, economia, política e outros assuntos que ele achava menos relevante que o Ronaldinho Gaúcho saindo do Fluminense*. Em resumo: divulguem o Clip13 para seus amigos =)

*Se você ficou preocupado, sim, o Ronaldinho rescindiu sue contrato como Fluminense. Mas isso é problema do Diogo.

Desemprego

E falando em pés na bunda, o desemprego continua subindo, minha gente! De acordo com o resultado da pesquisa realizada pelo IBGE, no trimestre de maio a julho a taxa de desemprego bateu nos 8,6%, continuando sua triste escalada. Este é o maior valor desde que esta medição começou em 2012. Para se ter uma ideia, em comparação com o mesmo trimestre de 2014, houve um aumento de 26,6% na taxa de desemprego, o que significa que, em um ano, 1,8 milhão de pessoas a mais ficaram desempregadas, ajudando a compor o bolo de 8,6 milhões de pessoas sem emprego.

- concorrência: 8,6 milhões por vaga-

– concorrência: 8,6 milhões por vaga-

Guerra na TV

Quando o país está bem, a guerra na TV é entre Gugu e Faustão. Quando as coisas estão do jeito que estão, a guerra passa a ser entre Governo e Oposição. No horário nobre desta segunda feira (tá, eu sei que nenhum horário na segunda é nobre), o PSDB divulgou uma propaganda de 10 minutos (veja aqui), estrelando Aécio Snows, Efeagácê e Gerealdera Alckmin. Os três mosqueteiros botaram o dedo na ferida e fizeram caras e bocas para dizer que está na hora de o PT pagar por seus erros. E aí citaram a proposta de criação de CPMF, a perda do grau de investimento, o pedido do TSE para investigar as contas da campanha de Dilma, a análise do TCU sobre as pedaladas fiscais e mais um monte de coisas que nós já comentamos aqui (quase todos os dias).

-And the Oscar goes to... SNOWS!-

-And the Oscar goes to… SNOWS!-

Do outro lado do ringue, no red corner, o PT já está com sua resposta pronta. Na noite de hoje, o partido da estrela vai veicular sua propaganda política questionando os interesses dos políticos da oposição que tentam “desestabilizar o governo” (claro que eles preferem evitar a palavra impeachment). Na sua propaganda é perguntado se esses caras estão pensando no bem do país ou neles mesmos, e completa dizendo que ninguém garante um caminho mais seguro. Para completar, não podia faltar ele: o muso da estrela vermelha, Lula. O eterno molusco vem listar todas coisas boas que o partido fez nos últimos 12 anos na tentativa de diminuir a perda constante de (ex)petistas preocupados com a crise econômica.

-com voz de Bruce Buffer: "FIIIGHT out of the red corner"-

-com voz de Bruce Buffer: “FIIIGHT out of the red corner: Luis SQUIIIIIIID SilvaAAAA”-

Restaurant Week

Agora a notícia que todo gordinho estava esperando: se você mora em BH, Espírito Santo, Ribeirão Preto, Campinas, São Paulo ou Rio, aproveite que está rolando o Restaurant Week! Para quem não conhece, durante o período do evento, os restaurantes participantes oferecem menus com entrada, patro principal e sobremesa a um preço fixo (em São Paulo é R$ 42,90 no almoço e R$ 53,90 no jantar). É uma excelente oportunidade para conhecer lugares novos e experimentar coisas diferentes. Não percam! Consulte os restaurantes participantes e seus menus aqui

BH: de 14/09 a 04/10

ES: 21/09 a 04/10

Ribeirão: 28/09 a 18/10

Campinas: 28/09 a 18/10

São Paulo: 28/09 a 11/10

Rio: 28/09 a 18/10

 

Cultura

Série especial – As 13 Maiores Guerras (afinal, eles lutaram por alguma coisa, né?)

por Guilherme Rodrigues

 

A guerra do Paraguai

A América do Sul nunca ficou conhecida por grandes conflitos bélicos durante a história moderna, somente mesmo os massacres das colonizações contando com o genocídio das populações ameríndias. Porém, durante o século XIX, aqui perto mesmo do nosso território brasileiro houve um destes momentos sangrentos difíceis de se relatar sem tristeza e luto.

A guerra do Paraguai aconteceu entre dezembro de 1864 e o fim de 1870 e é considerada por historiadores como o maior conflito armado internacional da América do Sul. O Paraguai, desde de sua independência em 1811 (tardia como muitos países americanos), tinha uma política de isolamento de relações internacionais e afastamento de tentativas imperialistas de expansão – outro fator comum com a maioria dos países americanos já em tensões internas separatistas como o Brasil. Como o país não tinha acesso direto ao mar, a ditadura paraguaia desde José Gaspar Rodríguez de Francia até Francisco Solano López mantinham uma política de transformar latifúndios em propriedades do Estado, diversificando a economia e fortalecendo o comércio exterior. O Paraguai durante o século XIX era um dos países mais ricos da América do Sul pela sua força comercial do Rio da Prata.

image

A força comercial e o domínio paraguaio faziam barulho internacionalmente, em especial na Inglaterra, que dominava o comércio anteriormente na América. Nesta meio tempo, o Brasil, durante o império de D. Pedro II, vivia uma pequena tensão internacional contra o Uruguai e a Argentina pelo domínio e influência no Rio da Prata, enquanto, aparentemente, estava em diplomacia com o ditador López do Paraguai pelo uso do Rio Paraguai na fronteira do país com o Mato Grosso. Por causa dos conflitos entre Brasil e Uruguai, em 1864, o imperador brasileiro enviaria José Antônio Saraiva em missão ao Sul do continente para exigir pagamento do ditador uruguaio Atanasio Aguirre pelos danos da guerra. Saraiva não conseguiu nada, e o imperador Pedro II decidiu por bem descer o cacete nos uruguaios.

Por infelicidade brasileira, Aguirre era amiguinho de López do Paraguai, que não gostou na campanha brasileira no sul e decidiu retaliar e ajudar o uruguaios. Assim começava a guerra do Paraguai: o governo de López capturou em Assunção, no Rio Paraguai, um navio brasileiro chamado Marquês de Olinda e, não satisfeitos, atacaram a cidade de Dourados no Mato Grosso. Com novas pretensões, López comandou seu exército por avanços em direção ao Rio Grande do Sul, passando pela Argentina. Estas novas pretensões imperialistas paraguaias chamaram a atenção da Inglaterra, que decidiu, por bem, acabar com a festa. Os bretães apoiaram financeiramente o exército brasileiro a juntar-se com os argentinos e uruguaios para acabarem com o governo de López.

A guerra, que durou seis anos, foi um massacre para o país paraguaio, contando com diversos conflitos sangrentos. Notoriamente lembramos do Almirante Barroso e a batalha de Riachuelo (não a loja) que defendeu o Rio Grande do Sul, a batalha de Tuiuti, que deixou nada menos do que 10 mil mortos em campo de batalha em 1866. No lado das vitórias paraguaias, é bom lembrar que naquele mesmo ano de 1866, o exército brasileiro perderia a batalha de Curupaiti e os argentinos e uruguaios abandonariam o conflito pouco depois. Foi assim que Pedro II decidiu por bem apontar como novo comandante do exército o tal duque de Caxias, d. Luís Alves de Lima e Silva.

-Chupa essa manga-

-Chupa essa manga-

É sob seu comando que os brasileiros (com um belo financiamento inglês) derrotaram definitivamente os paraguaios matando o ditador López, que se recusou até o fim a se render, com sua mais famosa frase sendo dita logo antes de seu assassinato: ¡Muero con mi patria!

A morte de López determinaria o fim da guerra do Paraguai em 1870, um ano antes, o duque de Caxias teria dito que a ofensiva brasileira era uma carnificina. Os historiadores narram que o duque chegou a se demitir do exército, assim, os últimos avanços e mortes são atribuídos ao comando do conde d’Eu, marido da então princesa Isabel. O conflito de fato foi uma carnificina, que levou à morte de cerca de 80% da população paraguaia e a falência do projeto industrial do país. O endividamento paraguaio foi enorme e só veio a ser perdoado por Getúlio Vargas muito depois. Muitos estudiosos e historiadores concordam que a situação de pobreza e dificuldade paraguaias hoje podem ser explicadas pelo massacre sofrido no país no fim do século XIX, causado, em especial pelas forças brasileiras, mas que, no fundo, tinham um interesse econômico-imperialista europeu.

 

Esta é a 7ª edição de uma série especial sobre as 13 Maiores Guerras (Afinal eles lutaram por algum motivo, né?). Confira as edições anteriores nos links abaixo!

Na semana que vem: A Guerra do Paraguai

 

  1. Guerra de Troia
  2. Termópilas – Os 300 de Esparta
  3. Alexandre, o grande
  4. As Cruzadas
  5. A Guerra dos 100 anos
  6. As Guerras Napoleônicas
  7. A Guerra Civil Americana

 

Guilherme Rodrigues é Corinthiano, mas mesmo assim estudou no ensino superior e é professor de língua portuguesa e literatura, e ainda curte apreciar uma arte por aí. Escreve para o Clip13 toda terça.

 

 Momento Relax

bizarrock-in-rio

Gostou e quer receber os próximos clippings?

Cadastre seu email em nosso Blog – http://www.clip13.wordpress.com

Curta nossa página no Facebook – facebook.com/cliptreze

Nos siga no Twitter – @Cliptreze

Ou mande um email para noticias.clip13@gmail.com !

O Clip13 é uma ferramenta para divulgar as notícias de forma rápida e divertida. Para maiores detalhes ou para conferir a fonte de cada notícia, basta clicar no título e você será redirecionado para a página original. Crédito das imagens: 12345

Anúncios

Clipping 04/09 + Fora do Guia

Sexta Feira – 04 de setembro – Há 17 anos era criado o site de pesquisas Google. Caso você não conheça, o endereço é www.google.com . É bem bacana, vale a visita.

Vai ser difícil

“Fala Michel Temer, tudo bom?”

“Opa! Td e vc”

“Também. Vai fazer o que hoje?”

“Vou ali dar um role e aproveitar pra soltar alguma declaração polêmica.”

E é isso que nosso vice presidente resolveu fazer nos últimos tempos. Depois de falar por aí que o Brasil precisava de alguém que pudesse reunificar o país, Temer resolveu dizer, durante um evento com empresários organizado por oposicionistas ao governo ontem, que “hoje o índice (de popularidade) é realmente muito baixo. Ninguém vai resistir três anos e meio com esse índice baixo. Se continuar assim, 7% de popularidade, de fato fica difícil passar de 3 anos”. Difícil, Michel, vai ser aguentar o come que a Dilma vai te dar por ter falado que se a popularidade não aumentar, sua chapa não dura até o fim do mandato. Para completar ele ainda disse que se o TSE cassasse a chapa Dilma-Temer, ele iria pra casa feliz. Felizmente, ele percebeu na mesma hora que falou bobagem e se corrigiu: “não sei se feliz ou não, cada um tem a sua avaliação”.

-Deixa eu pensar aqui numas merda pra falar-

-Deixa eu pensar aqui numas merda pra falar-

Corte de Gastos

Os funcionários da Petrobras receberam no dia 26 de agosto um email da presidência da empresa informando que, por conta da crise que a empresa vem enfrentando (tanto pelo escândalo de corrupção quanto pela queda do preço do petróleo), serão feitos cortes em gastos de funcionários na expectativa de gerar uma economia de 12 bilhões de dólares até 2019. Embora esta conta não tenha sido aberta para mostrar como chegaram neste valor, o tal email lista alguns dos cortes que serão feitos. Vejamos: viagem só quando não der para adiar e, mesmo assim, quando for viajar, vai só um responsável. Nada de treinamentos fora do Brasil, fim dos brindes, fim de esbórna com taxis, nada de horas extras desnecessárias, nada de festinhas custeadas pela empresa e carros com motoristas só para a presidência e diretoria. Será que algum filho de Deus poderia, por favor, encaminhar este email para a câmara dos deputados e para o senado? Grato.

INSS

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) é o órgão responsável por, dentre outras coisas, garantir e pagar sua aposentadoria por tempo de serviço, por invalidez ou te bancar caso você não possa trabalhar por um tempo por conta de algum acidente. Como dá pra perceber, o INSS possui uma função mega importante na sociedade. O problema é que os funcionários do INSS de 13 estados (veja quais aqui) estão em greve há dois meses. Eles reivindicam reajuste salarial, incorporação das gratificações, 30 horas de trabalho por semana, realização de concurso público e melhoria das condições de trabalho. O problema é que quem precisa do INSS normalmente não pode ficar esperando muito tempo e aí começa a dor de cabeça já que, do outro lado, os funcionários também têm direito a boas condições de trabalho (isso dá matéria pra uma longa e chata aula de direito, então deixa pra lá). Na tentativa de minimizar os prejuízos para a população, foram tomadas duas medidas: 1- a justiça determinou que pelo menos 60% dos funcionários continuem trabalhando (o que não está sendo cumprido em muitos estados). 2- Os cálculos para pagamentos do INSS estão sendo feitos com base na data de agendamento do serviço, e não de sua execução, assim, se eu marquei com o INSS pra setembro, mas, por conta da greve, só fui atendido em dezembro, vou receber os pagamentos de setembro, outubro e novembro retroativamente, entendeu? Isso é bom para quem pode esperar. Quem não pode, fica na mão.

Museus

A maioria das pessoas quando viaja acaba visitando algum museu, especialmente no exterior. Curiosamente, por algum motivo, estas mesmas pessoas nunca foram em nenhum museu na cidade onde moram. Vai entender, né? É chic ir no British Museum, mas nunca teve curiosidade de ir ao MASP a não ser para fazer concentração pra manifestação. Bom, se você quiser aproveitar o feriado para tirar este atraso, fica aqui nossa dica. Você certamente vai encontrar algum lugar bacana (e barato) para visitar. Agora, se você estiver na cidade de São Paulo a oportunidade é ainda melhor. Se você for em um dos 18 museus geridos pela Secretaria de Estado e Cultura amanhã (05/09), vai receber um passaporte que te permite entrar em todos os outros de graça! São eles: Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Catavento, Museu Afro Brasil, Museu de Arte Sacra, Memorial da Resistência, Museu da Imigração, Museu da Casa Brasileira, Museu do Futebol, Museu da Língua Portuguesa, Paço das Artes, Pinacoteca, Estação Pinacoteca e MIS. Fora da capital, temos ainda: Museu Índia Vanuíre, Museu Felícia Leirner, Museu do Café e Museu Casa de Portinari.

-Pinacoteca de São Paulo-

-Pinacoteca de São Paulo-

Fails of the Week

E pra gente entrar de bom humor no feriado, nada melhor que ver pessoas se ferrando, né? Nosso Fail da Semana pra vocês! Destaque para os 4:17 e o rapaz tendo dificuldades com aquele patinete estranho que atropelou o Bolt.

  Fora do Guia

por Caio Razante

Bierhoff – Campinas

                Para algumas coisas sempre teremos dinheiro, tipo Cerveja e Pão. Mesmo em época de crise, sempre sobra um trocado pra essas coisas. Abriu há mais ou menos 1 ano e meio uma loja de cervejas especiais com…pães especiais. Mmmmm pão! Mmmmmm cerveja! Os dois tem uma relação muito íntima, pois são na sua essência a mesma coisa, só que em estados de matéria diferentes. A cerveja é a mesma coisa que o pão, feita de grãos, cheia de carboidratos e irresistível. Eles só não são parecidos na temperatura de consumo. Tipo, cerveja quentinha com manteiga não vai ser muito das boas.

                O Bierhoff é uma típica lojinha de cerveja, nada de errado com isso! Um espaço charmoso, cheio de prateleiras e coisas relacionadas a cervejas. Logo na entrada, tava rolando um Guns’n Roses no volume certo. Musica: aprovada! Logo na entrada tem dois barrilzões que servem de mesa e ficou massa. Em cima deles tem umas luzes pendentes com luminárias feitas de barris de litro de cerveja usados. Ficou bem legal, combinou com o resto do lugar e dá um charme cervejístico. Olhando para a entrada, tem estantes dos dois lados e no meio, o caixa. Atrás do caixa tem um quadro verde que ocupa a parede inteira com preços e informações da casa. Já no canto direito do ambiente, tem uma passagem para outra sala que tem mais estantes, só com cervejas belgas. Entre a sala de entrada e a “cave” belga, à direita, tem a estante com os pães.

c1

Eu cheguei 30 minutos antes de fechar, lá pras 19:30 então não consegui pegar todas as opções que eles oferecem. Era quinta-feira gente e eu trabalho em São Paulo. Então acabei pegando a lojadaria nos finalmentes. Porém, o que vi foi um bom sinal. As cestas de pães estava praticamente vazias, sinal de que o pão é bom e vende. Pelo que o vendedor me falou, os pães são feitos lá mesmo por volta das 14-15 horas todos os dias. Eu acabei pegando um Pretzel e um pão com linhaça, gergelim e semente de abóbora. Era o que tinha e tava bom!

Para quem conhece apenas o Pretzel de quiosque, o Pretzel quando bem feitinho, combinado com mostarda forte e geleia de framboesa é um dos melhores acompanhamentos para cerveja. É obviamente uma criação alemã e tudo que sai de lá combina com o prato principal deles…cerveja. O Pretzel deles tava bem gostoso e leve, tanto que ele acabou antes de chegar em casa. A massa tava lisinha e massudinha por fora e bem fofo por dentro.

c2

O pão com linhaça/gergelim/semente de abóbora tava dos bão também, cascudinho por fora e fofinho por dentro. Na parte de cima tinha a linhaça e o gergelim e na debaixo as sementes de abóbora. De novo, o pão estava bem leve e fácil de comer, nada daquela sensação de empapuçar muito. Isso é legal porque normalmente só pães fresquinhos que ficam assim. Nesse eu lasquei umas geleias boas e ficou excelente.

A seleção de cervejas deles tem umas coisas muito boas. Tem bastante coisa de boas cervejarias brasileiras, afinal, o real ainda não desvalorizou tanto perante o real. Tem algumas coisas diferentes de cervejarias estrangeiras tipo umas edições diferentes da Ballast Point (uma com habaneros) e as clássicas que sempre devemos ter no estoque tipo a Fuller’s ESB.

É isso galera, o lugar vale a pena pela proposta e pelos preços. O pessoal é atencioso e os preços estão dentro do esperado. Além disso, os pães são excelentes e tão num preço honesto. O pessoal também promove cursos de produção de cerveja artesanal na casa ou na sua casa! Vale a pena a gente apoiar essas inciativas locais, afinal as coisas feitas em menor escala costumam ser melhores.

Caio Razante calça 47, é viajante e cervejeiro. Escreve a coluna Fora do Guia todas as sextas.

Gostou e quer receber os próximos clippings?

Cadastre seu email em nosso Blog – http://www.clip13.wordpress.com

Curta nossa página no Facebook – facebook.com/cliptreze

Nos siga no Twitter – @Cliptreze

Ou mande um email para noticias.clip13@gmail.com !

O Clip13 é uma ferramenta para divulgar as notícias de forma rápida e divertida. Para maiores detalhes ou para conferir a fonte de cada notícia, basta clicar no título e você será redirecionado para a página original. Crédito das imagens: 1 e 23

 

Clipping 17/03 + Cultura

Terça Feira – 17 de Março – Dia de São Patrício, ou St. Patrick’s Day. Feriado muito comemorado na Irlanda e América do Norte que está começando a ganhar fama no Brasil, com os bares oferecendo chopps verdes para a galera.

 Fala galere!

Esta é uma semana muito especial para o Clip13, mas o motivo vocês só conhecerão amanhã :) 

De qualquer forma, já queremos começar as comemorações! Para isso, além dessa primeira reportagem com um resumão da Lava Jato, começaremos hoje uma série especial na coluna Cultura

Nosso glorioso Gui Rodrigues topou o desafio de desmistificar 13 pensadores de que você certamente já ouviu falar mas não fazia ideia de quem eram ou o que diziam. Mas fiquem tranquilos! A ideia é justamente fazer Sócrates deixar de ser apenas um jogador, Nietzche um espirro, Schopenhauer um palavrão e Russeau um personagem de Lost! A cada semana, o Gui nos apresentará um novo pensador de uma forma que você entenda sem os traumas das aulas de filosofia! Não deixem de acompanhar!

Mas antes, bora pras notícias!

Parabéns!

Hoje é dia de festa para o Brasil! E não por causa da cerveja verde do St. Patrick’s Day, mas sim porque há exatamente 12 meses, a Polícia Federal executava a primeira fase da Operação Lava Jato. Desde o início do Clip13, acompanhamos a evolução dessa operação que, a cada dia, tomava proporções cada vez maiores. Então, para comemorar esse 1 ano de luta contra a corrupção, vamos fazer um breve resuminho sobre a operação e te ajudar a ficar por dentro do que é a tal Lava Jato!

Origens

Lá na década de 90, rolou o famoso Escândalo do Banestado em que eram feitas remessas ilegais para os EUA. Ao final dessa parada, boa parte da grana foi recuperada, alguns malucos foram presos e outros ficaram sob monitoramento da PF. Uma das figuras monitoradas era Alberto Youssef. Quando já tinha evidências o suficiente sobre um suposto esquema de lavagem de dinheiro, a PF deflagrou a primeira fase da Lava Jato e prendeu Youssef.

As Primeiras Figurinhas

3 dias depois da prisão de Youssef, a polícia descobre que Alberto havia doado um carro de R$ 250 mil para Paulo Roberto Costa, então diretor de abastecimento da Petrobras. Ao colar na casa de PRC, a polícia o surpreendeu destruindo documentos que poderiam incriminá-lo.

Alguns dias depois, o deputado e vice presidente da câmara, Andre Vargas (PT) foi visto dando rolezinho com sua família no jato de Youssef. Por mais que ele tentasse dar uns migués de que não era amigo do cara e nem tinha negócios com ele, a parada ficou feia e ele acabou se desfiliando do partido depois de muito desgaste com a estrela vermelha.

Bem vindo à Petrobras

Com a expansão das investigações, a PF chega à Petrobras onde, depois de uma busca e apreensão, descobre planilhas de PRC que indicavam que o cara intermediava um suposto repasse de empreiteiras para políticos.

Com o envolvimento da empresa e a quebra de sigilo bancário das operações envolvendo a refinaria de Abreu e Lima, o senado e a câmara criam uma CPI mista para invesitigar a Petrobras.

A Era da Delação

Depois que Youssef sofreu um infarto na prisão e PRC foi preso pela segunda vez, os dois topam fazer a chamada Delação Premiada, em que os caras se comprometem a caguetar o esquema em troca de redução em suas penas. A moda acabou pegando e outros 10 acordos de delação foram firmados com operadores do esquema e executivos de empreiteiras investigadas.

Com base nessas delações e nas investigações que a polícia continuou conduzindo, diversas denúncias começaram a ser feitas contra executivos da petro e de empreiteiras. É quando surge a inigualável figura de Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da Petrobras, condenado a devolver, junto com outros, R$ 300 mi de propina que haviam sido desviados.

Por conta desse merdelê todo, as ações da Petro não paravam de cair, a empresa não conseguia divulgar seu balanço, Graça Foster, a presidente, foi mandada embora depois de muita resistência de Dilma, e investidores gringos abrem uma ação contra a empresa para recuperar a grana que perderam com a desvalorização.

Colarinho Branco

Apesar de alguns nomes de políticos terem sido citados aqui e ali, ainda não havia sido autorizada a investigação de deputados, senadores e governadores já que, para isso, era preciso autorização do STF e STJ. Felizmente, neste mês, o STF autorizou a abertura de investigações sobre 50 parlamentares (veja a lista aqui) e o STJ liberou o inquérito de 3 governadores (lista aqui).

Quem é Quem

Sergio Moro – Juiz Federal do Paraná que está conduzindo a investigação.

sergio

Rodrigo Janot – Procurador-geral da República, responsável pelos inquéritos e processos contra deputados e senadores.

janot

Teori Zavascki – Ministro do STF responsável pelo caso, mas que deverá ser substituído por Dias Toffoli em maio, quando termina seu mandato.

teori

Alberto Youssef – Doleiro acusado de comandar o esquema de lavagem de dinheiro.

alberto

Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró – Ex-diretores da Petrobras acusados de participar no esquema de propinas.

CPMI: Costa deve ser liberado após declarar silêncio

cervero

Em Números

Ações: já foram iniciadas 19 ações penais e 5 ações civis públicas

Acusados: 82 réus e 8 empreiteiras

Políticos Acusados: 22 deputados federais, 13 senadores, 12 ex-deputados, 3 governadores e 1 ex-governador.

Presos: 22

Delações: 12

Partidos Investigados: PT, PSDB, PP, PMDB, PTB

Trampo

Mas não ache que o trabalho da Polícia Federal é só a Lava Jato não! Na manhã de hoje, a PF iniciou uma operação em SP, RJ e MG para desmantelar uma organização suspeita de fraudar financiamentos imobiliários pela Caixa, gerando um prejuizinho bobo de R$ 100 milhões. Para isso, 133 Policiais vestiram sua melhor roupa e foram cumprir 34 mandados de condução coercitiva (levar maluquinho a força para depor), 10 afastamentos de empregados públicos, apreensão de 20 veículos, 31 mandados de busca e apreensão e bloqueios em contas bancárias. Osso duro.   

Diálogo

Depois das manifestações de domingo, Dilma conseguiu se esquivar, como se seu nome não tivesse sido citado o tempo todo, e mandou dois representantes para falar com o público. Ontem, na cerimônia de assinatura do novo código de processo civil (veja próxima notícia), Dilma finalmente falou sobre as manifestações. Em seu discurso, Dilmão disse, emocionada, que uma manifestação tão grandiosa como aquela era a prova de que valeu a pena ter lutado pela democracia. Aproveitou para reafirmar o compromisso de adiantar o projeto de leis anticorrupção e afirmou por diversas vezes que está aberta para o diálogo, embora fosse defender o que acredita. Quando questionada pelos jornalistas, Dilma reconheceu que pode ter errado na condução de suas políticas econômicas mais recentes, mas disse que tais erros são humanos e que não iria usar o microfone como um confessionário. E o bater de panelas comendo solto nas janelas…

Novo CPC

No maravilhoso mundo do Direito, existem as normas materiais e as normas processuais. As materiais são aquelas que vocês conhecem e que definem o que pode, o que não pode e o que deve ser feito: pode se reunir para manifestações, não pode matar, e deve declarar seu imposto de renda, por exemplo. Já as processuais são aquelas que falam como vai ser o processo na justiça: quais recursos são cabíveis, qual o prazo pra resposta, quem pode testemunhar e por aí vai. Na tarde de ontem, Dilmão sancionou (aprovou) o novo Código de Processo Civil (CPC) que trata justamente desse segundo tipo de norma aí. A ideia que originou a criação deste código há 5 anos era fazer o processo ficar mais rápido, já que, na forma atual, uma infinidade de recursos e tecnicalidades faziam uma ação ficar indo para lá e para cá por anos e anos. Para isso, foi estabelecida uma regra de que os processos mais antigos devem ser julgados primeiros, outra que promove conciliações, outra que junta demandas parecidas e outra que reduz o número de recursos picuinhas que podem ser aplicados. Para o corinthiano médio, estas são as mudanças com mais efeitos práticos, já que refletem um processo mais rápido (espera-se). As demais são assuntos de advogados que nem eu que estudei essa bagaça tenho muito saco. De qualquer forma, se você quiser saber mais, clique aqui. “Ahh mas por que não é o guapo do Ricardo que está falando desse assunto?” Porque ele vai falar de um bagulho bem mais interessante na quinta.

Cultura

por Guilherme Rodrigues

Platão

e os amantes da sabedoria

Hoje e nas próximas doze semanas começaremos uma série nesta coluna sobre os grandes filósofos da história do Ocidente (pois é, nada de Confúcio). A ideia magnífica foi do ínclito editor-chefe e diretor do Clip13, Gustavo Cux.

Começamos com dois dos filósofos que eu mais gosto e mais me influenciaram de tantas maneiras: Platão e Sócrates. Supostamente (como quase tudo que se diz sobre a Grécia antiga é uma suposição), Platão nasceu em Atenas por volta do ano 427 a.C. e foi aluno de Sócrates durante boa parte de sua vida, até que o segundo foi condenado à morte em 399 a.C., quando Platão se exilou com outros filósofos socráticos e partiu viajando pelo mundo grego até voltar para Atenas e fundar a Academia (uma espécie de escola) anos depois.

Se sabemos com um pouco de dúvida sobre a vida de Platão, sobre Sócrates praticamente sua vida toda é uma incerta, já que ele mesmo nunca escreveu nada. Pois é… Nada! Tudo que se conhece sobre o filósofo é de escritos de outros autores como Platão e Xenofonte. Aparentemente, Sócrates foi um homem de quem alguns gostavam muito e outros odiavam demais. Por causa de sua popularidade com os jovens, sua influência e seus novos pensamentos em Atenas do séc. V a.C., Sócrates foi condenado à morte por envenenamento, fato contado bem detalhadamente por Platão (que inclusive narra a defesa de Sócrates em seu julgamento ateniense – um texto que se chama Apologia de Sócrates -, uma peça imperdível para os advogados e juristas de plantão).

A filosofia de Platão e Sócrates se confundem, e dificilmente os acadêmicos hoje conseguem diferenciar o que é original de cada um. Sabemos, apesar disso, que é bem possível que foi Sócrates/Platão quem inventou o termo filósofo, que, em grego, significa algo como o amante da sabedoria. O termo se conecta diretamente com o que ambos acreditavam construir durante um período conturbado de guerra em Atenas no séc. V. Ambos eram, no fundo, pedagogos, professores além de pensadores livres; assim a filosofia primordial nasceu para que os homens se tornassem melhores do que são, nas palavras de Platão.

A discussão filosófica de Platão girava em torno do que deveria e não deveria ser ensinado para os jovens, e como torná-los pessoas excelentes e virtuosas. Platão e Sócrates acreditavam que havia em Atenas na época falsos sábios, que desvirtuavam a juventude, pretendendo saber coisas que não sabiam. Entre esses falsos filósofos, estavam os que Platão chama de sofistas, além dos poetas. A arte desses dois somente poderia causar algum tipo de falso conhecimento (uma crença, e nãverdade), que somente causaria desgraça para a cidade e seus cidadãos, segundo seus pensamentos.

Platão criou discussões que passaram por quase todos os elementos essenciais do que é ser uma pessoa boa: a virtude, a bondade, a justiça, o conhecimento, o amor. São vários pensamentos que poderíamos propagar até hoje: a virtude nãé algo que se ensina, mas que se aprende sozinho; o corajoso é aquele que sabe o que temer; o amor é bem mais forte quando age no espírito; é mais importante saber ser contrariado do que contrariar. Mas com certeza, o mais conhecido pensamento é o clássico: nunca passamos de aprendizes, quando Platão faz uma bela defesa de que nunca saberemos de tudo e, mais do que isso, que a busca pela verdade é infinita.

Talvez se realmente soubéssemos apreciar a beleza da busca da excelência platônica, quem sabe não estivéssemos em tempos de mais paz e menos ódio.

Na próxima semana: Aristóteles!

Guilherme Rodrigues é Corinthiano, mas mesmo assim estudou no ensino superior e é professor de língua portuguesa e literatura , e ainda curte apreciar uma arte por aí. Escreve para o Clip13 toda terça.

Gostou e quer receber os próximos clippings?

Cadastre seu email em nosso Blog – http://www.clip13.wordpress.com

Curta nossa página no Facebook – facebook.com/cliptreze

Nos siga no Twitter – @Cliptreze

Ou mande um email para noticias.clip13@gmail.com !

O Clip13 é uma ferramenta para divulgar as notícias de forma rápida e divertida. Para maiores detalhes ou para conferir a fonte de cada notícia, basta clicar no título e você será redirecionado para a página original. Crédito das imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6

Clipping 06/01 + Cultura

Terça Feira – 06 de Janeiro – Malcom Young, guitarrista do AC/DC assopra 61 velinhas e Mr. Bean assopra 59. Há 50 anos, os Rolling Stones iniciavam sua primeira turnê.

 

Colisão

Ontem a noite, um trem bateu em outro no Rio de Janeiro na Baixada Fluminense. Este tipo de colisão costuma ser cabulosamente cabulosa, mas, felizmente, ninguém acabou morrendo dessa vez. É claro que houve uma galera que se feriu, ainda que levemente e, por isso, os hospitais da região registraram 147 atendimentos relacionados ao acidente. Os vagões foram retirados dos trilhos durante a madrugada e agora tudo já funciona normalmente. Ainda não se sabe o que causou a colisão.

Substituição

Lá no final do ano passado, quando Dilmão estava matutando sobre sua escalação de ministros, ela havia trocado uma ideia com o Procurador Geral da República para ver se o cara liberava pra ela a lista de quem seria denunciado na operação lava jato. Assim, Dilmão poderia evitar o desgaste de ter que mandar pra rua um ministro recém empossado. Como o senhor procurador não liberou a lista, Dilma acabou nomeando seu ministros, mas tudo pode mudar daqui algumas semanas quando forem feitas as denúncias. Além do esperado pé na bunda dos acusados de envolvimento no Petrolão, Dilma também já manifestou sua vontade de trocar dois ministros caso outros dois figurões não sejam denunciados, é o caminho inverso, sacaram? Vamos dar nome aos bois: se Henrique Alves não for denunciado, ele deve pegar o lugar de Vinicius Lages no Ministério do Turismo. Se Aguinaldo Ribeiro não for denunciado, ele pega o lugar de Gilberto Occhi no Ministério da Integração Nacional. O motivo para estes dois rapazes não terem sido indicados logo de cara para o cargo é que as reportagens e especulações sobre as investigações mostram que ambos prováááávelmente serão denunciados. (PS.: As investigações da Lava Jato estão na reta final. Logo que terminarem, vem as denúncias contra quem se encontrou provas ou indícios de envolvimento no esquema).

Resultado

Durante 2013, nós falamos e falamos sobre aumento e redução de IPI, inflação e outras coisitas de economia que só ficam interessante porque é o Ian que escreve, mas que ninguém realmente acha massa. O problema é que essas chatices são importantinhas porque acabam gerando reflexos pra uma galera. Vejamos o caso da Volkswagen por exemplo. Havia um acordo com o governo em que a VW se comprometia a garantir o emprego de seus funcionários em troca de medidas do governo para estimular o mercado de automóveis e, dentre estas medidas, destacava-se a redução do IPI, que faz o preço do carro diminuir. Infelizmente tudo isso não foi suficiente e o setor automotivo deve repetir mais um ano de quedas e, por conta disso, a VW anunciou a demissão de 800 funcionários. Pegaram a relação das coisas? IPI baixo pra comprarem mais carros, aumenta a inflação, mas aquece o setor e são mantidos empregos. Não funcionou, setor caiu, desemprego.

Latifúndio

Ontem comentamos da primorosa entrevista que a nova ministra da agricultura Katia Abreu deu, falando que não há mais latifúndios no Brasil e que a reforma agrária é um problema pontual. Depois destas declarações da pecuarista, hoje foi a vez do novo ministro do desenvolvimentos agrário, Patrus Ananias, fazer seu discurso (sim, meus amigos, o Brasil tem um ministério da agricultura e um do desenvolvimento agrário). Embora não tenha citado o nome de Kaka, o discurso de Patrus está sendo entendido como uma resposta à fala da moça, já que afirmou que é preciso derrubar a cerca do latifúndio e a que nos limita a uma visão individualista das paradas. Está instaurada a “Treta da Roça”.

Selfies

Aí você abre uma página no facebook e vê um monte de selfies de presidiários mostrando maços de dinheiro, drogas e produtos contrabandeados dentro de suas celas. Na hora você da uma bufada e fala “esse Brasil é uma vergonha mesmo”. E essa página existe (ou existiu). Era só entrar lá para ver a ostentação de produtos proibidos, cocaína e o escambau. O único detalhe é que não era no Brasil. As fotos foram tiradas em um presídio da França. Oh yes! Também existem prisões superlotadas na terra do croissant! Quem quiser ter uma provinha das selfies, clique aqui.

Rapidinhas do Automóvel

1- O Denatran vai adiar por 90 dias a aplicação da regra que exige que o extintor do carro seja do modelo ABC (entenda aqui). O motivo é que está difícil de encontrar o tal extintor.

2- Se você vir um caixote de metal na calçada, cuidado! Pode ser um dos novos radares móveis instalados pela prefeitura para pegar excesso de velocidade, rodízio e circulação em faixa exclusiva. Diferente dos antigos, estes não precisam de operador e, por isso, ficam bem disfarçadinhos dentro da caixa de metal que serve para esconder proteger o equipamento.

-esse é o nível da filhadaputagem-

-esse é o nível da filhadaputagem-

Cultura

por Guilherme Rodrigues

A Quinta Geração

A cada década e a cada geração, jovens crescem e amadurecem de maneira diferente, influenciados por tempos diferentes e tecnologias ímpares. Desde a década de oitenta, a indústria da tecnologia tomou o mercado jovem e a partir de então, as pessoas cresceram marcadas por produtos e recursos tão diferentes e o que se pensa sempre é “o que virá depois?”. Na minha infância eu fui principalmente influenciado por um equipamento tecnológico, único na minha vida, que sem dúvida influenciou meu caminho para outras artes: o vídeo-game.
Meu primeiro vídeo-game não foi um Atari, nem um Nintendinho (eu jogava esses na casa de amigos na vizinhança da minha avó e ao redor do meu prédio); mas eu nunca vou me esquecer do Super-Nintendo que ganhei de meu pai, já quando um pouco mais velho. Era muito caro e difícil ter um vídeo-game na época, e mais difícil ainda era conseguir os jogos de cartucho, pois pouco se vendia e quando o faziam, o preço não era facilmente acessível. Mas mesmo assim cresci com o Super Mário (que vinha junto com o vídeo-game na caixa), com Donkey Kong, com Mortal Kombat e alguns outros jogos. Um período romântico que serviu para eu conhecer algumas narrativas básicas e interatividade com alguns amigos e com o meu irmão e pai.
Mas nenhum momento foi mais marcante, talvez, para a história do vídeo-game do que a quinta geração de consoles, mais conhecida pelos lançamentos do Playstation em 1995 e o Nintendo 64 em 1997. Digo isto não somente pela evolução dos gráficos para o 3D, mas sim pela extrema capacidade que eles tiveram em tomar a narrativa fantástica e bem elaborada para a produção de grandes jogos, eles que são puramente obras de arte que mesclam uma trama bem construída, visual artístico inovador e marcante, uma trilha sonora interessante e, como é típico dos vídeo-games, uma interatividade inesquecível. São narrativas que podem ser colocadas no mesmo hall que aquelas grandes da literatura do século XX, jogos como Zelda: Ocarina of Time, Final Fantasy VII, Banjo-Kazzoie, Metal Gear Solid.
Eu sou um romântico e somente de escutar a grande trilha sonora de narrativas como essa já me emocionam e revisitá-las é sempre saudável. Minha geração foi fortemente influenciada por jogos como tal, em especial a quarta e quinta gerações dos vídeo-games. Não podemos menosprezar a força que o vídeo-game tem na colocação de grandes tramas e grandes obras de arte, e, como toda obra de arte, influente para um geração como um todo.
gamer
N.E.: O editor deste clipping amava seu Mega Drive com o Castle of Illusion do Mickey, seu Super Nintendo com o Super Mario 3, seu N64 com o Super Smash Bros, seu Wii com Mario Kart, seu PS3 com Uncharted e agora dedica suas horas em seu PS4 nas rebeliões de Far Cry 4 e nas batalhas de Shadow of Mordor.   

Guilherme Rodrigues é Corinthiano, mas mesmo assim estudou no ensino superior e é professor de língua portuguesa e literatura , e ainda curte apreciar uma arte por aí. Escreve para o Clip13 toda segunda.

O Clip13 é uma ferramenta para divulgar as notícias de forma rápida e divertida. Para maiores detalhes ou para conferir a fonte de cada notícia, basta clicar no título e você será redirecionado para a página original. Crédito das imagens: 1

Confira nosso Blog, curta no Facebook e nos siga no Twitter!

Clipping 24/11 + Esportes

Segunda Feira – 24 de Novembro – Há 155 ano era publicada a obra “A Origem das Espécies” de Charles Darwin, que apresentava a teoria da evolução. 

Pequenas Causas

Com a aposentadoria de Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes assumiu a gloriosa função de “Porta Voz da Polêmica” no STF. Semana sim, semana não o cara ta nos jornais dando declarações que tiram aplausos exaltados de uma galera e vaias nervosas de outra. O mais recente destes pronunciamentos foi feito no fim da semana passada quando Gilmex disse que, perto da Operação Lava Jato, o Mensalão deveria ser considerado “pequenas causas”. Brother. O mensalão. Pequenas causas. Na hora veio uma legião de chatos falando que ele estava menosprezando o julgamento do mensalão e tudo o mais. É evidente que este não foi o caso. Ao fazer a infeliz comparação, Gilmar quis fazer referência apenas aos valores envolvidos em cada um dos casos. Foi desviada muita grana no mensalão? Sim! A lot! Mas o bagulho da Lava Jato é tão cabuloso e envolve peixes tão grandes que seus valores superam em muito os do mensalão.

Denúncia

Falando nisso, com base nas delações e nas investigações, o Ministério Público declarou que já há provas o suficiente para denunciar 15 pessoas nessa história toda da Lava Jato. “Manow! Mas comassin?? já não tem uma galera presa?”. Então, o negócio é o seguinte: para uma pessoa poder ser presa mesmo e começar a cumprir a pena de um crime, é preciso um processo na justiça que determine qual foi o crime e qual a pena que ele merece. Para realizar esse processo é preciso que o Ministério Público faça uma denúncia, apresentando as provas de que o maluquinho em questão é culpado. Aí entram os advogados do referido maluquinho para defender e o bagulho vai se desenvolvendo. Ao final dessa treta, o juiz decide se o cara é realmente culpado ou não e que pena ele vai começar a curtir. O caso da Operação Lavo Jato está no estágio de investigação, antes da denúncia, em que a Polícia está lá firme e forte procurando as tais provas que vai apresentar para a justiça. Então, os caras que estão presos na Lava Jato só estão no xadrez para evitar que fujam ou atrapalhem as investigações. A pena mesmo só vem depois de todo o julgamento. Sacaram?

Trio Minicraque

Fora a questão da popularidade, a economia é o tema mais delicado para o segundo mandato de Dilma. Por conta disso, o anúncio de quem substituiria o chutado Guido Mantega como Ministro da Fazenda foi muito aguardado. Embora ainda não tenha rolado o anúncio oficial do nome, Dilmão convidou Joaquim Levy (diretor do Bradesco) para o cargo e Joaquim Levy aceitou o convite de Dilma. Em termos facebookicos, Dilma chamou Levy para um rolezinho e ele aceitou. Embora eles ainda não tenham mudado seu status no facebook, tudo indica que vai rolar. Mas, como mais vale 3 passarinhos na mão do que só um (o ditado não é bem assim, mas ok), Dilma também resolveu empregar sua segunda e terceira opções para o cargo de Levy: Nelson Barbosa vai assumir o Ministério do Planejamento e Alexandre Tombini vai ser mantido no cargo de presidente do Banco Central. Muita gente fez bico pra essas indicações, dizendo que Levy é muito próximo do PSDB e que os outros dois não são nomes de peso. De qualquer maneira, com a expectativa do anúncio, a bolsa de valores subiu 5% e o dólar caiu 2%, o que indica uma confiança do mercado.

-Planejamento, Fazenda e Banco Central-

-Planejamento, Fazenda e Banco Central-

Resgate

O MASP, aquela caixa suspensa no meio da Avenida Paulista, é um do mais famosos cartões postais da cidade e também a maior coleção de arte do hemisfério Sul. O problema é que esse status todo não deixa o museu imune de dívidas trabalhistas, tributárisa e bancárias. Essas continhas juntas somaram um rombo de 12 milhões e o museu passou a sofrer uma crise de gestão. Por sorte, ainda existem pessoas que valorizam a arte e o próprio museu e, com isso, conseguiram juntar 15 milhões para dar um help pro MASP. Este grupo de doadores passará a integrar um conselho de deliberativo para garantir uma gestão mais firmeza e transparente. Os doadores são, em sua maioria, gente pica de grandes empresas, bancos e escritórios de advocacia. Parabéns pela iniciativa da galera.

Mascote

Para quem não sabe, as Olimpíadas de 2016 serão no Rio de Janeiro (já tem gente convocando a galera do #nãovaitercopa pra abrir uma filial). Ontem, no Fantástico, foram apresentados os novos fulecos do país: os dois mascotes das olimpiadas. Um, o amarelinho, representa a fauna (bichos) e é para os jogos olímpicos. O outro, o verde/azul, representa a flora (plantas) e é para os jogos paraolímpicos (que Oscar Pistorius não disputará porque ta preso). Definidas as cores (óbvias) e os formatos (parecem um tamagoshi com biotônico fontoura), resta definir o nome dos fulequinhos. As opções são: Oba e Eba (aff), Tiba Tuque e Esquindim (oi?), e Vinicius e Tom (aff²). As opções Deby e Loyd, Tico e Teco, Mega e Zord, Tails Alejada e Sonic Verde, Brioco e Drude, Dercy e Hebe e Assalto e Arrastão não passaram pela fase de qualificação. Clicando aqui, você pode votar no seu “preferido”.

-Pipoco e Pancadão-

-Pipoco e Pancadão-

Esportes

por Diogo Brandão

Galera,

O findi foi de festa! Teve uma galera levantando o troféu!!!

Futebol: Tão previsível quanto os roteiros das novelas do Manoel Carlos (que sempre se passam no Leblon, com uma Helena que é comida pelo José Mayer) os Cruzeiros venceram nessa rodada e foram campeões (antecipados) do Campeonato Brasileiro de 2014.

Como o Cruzeiro também está disputando o título de outra competição, acho que vale a pena explicar pros desentendidos como funciona cada uma dessas competições.

Os dois principais torneios organizados pela CBF são o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

O Campeonato Brasileiro é dividido por séries. Os times mais sinixtros jogam a série A. Os máomenos a série B. Os bostas, a série C. E sei lá quem, a série D. Vamos nos concentrar nas séries A e B, que é o que importa!

Na primeira divisão (série A) 20 times jogam no sistema de turno e returno. Por exemplo: os Melhores do Mundo – Flamengos – jogam 2 vezes com os Parmeras. Um jogo no RJ e o outro em SP. Assim, são realizados 38 jogos ao final do torneio em que uma vitória da 3 pontos, um empate da 1 ponto e uma derrota da 0 ponto. Aquele que somar mais pontos é o campeão. Além do campeão, o 2º, 3º e 4º colocados se classificam pra Taça Libertadores (torneio mais importante do nosso continente, onde nossos melhores times jogam com os melhores times latinos).  E os 4 últimos são rebaixados pra série B.

Na série B funciona da mesma forma, sendo que os 4 primeiros colocados se classificam pra primeira divisão e os 4 últimos são rebaixados pra série C.

Nas séries C e D … a gente caga, afinal, tirando os Fluminenses, nenhum time grande frequenta essa joça.

Então, pra se falar dos resultando práticos desse ano, os Cruzeiros são os campeões, os São Paulos (ui!), os Curinthias, os Internacional e os Atléticos Mineiros disputam as outras 3 primeiras posições. E lá embaixo, os Botafogos estão praticamente rebaixados e os Parmeiras estão se esforçando para isso!

Já a Copa do Brasil é disputada no sistema de mata mata. Há um sorteio para definir quais serão os confrontos. Isso definido, os times jogam duas partidas (um em casa e outra como visitante). Quem tiver o melhor resultado (somando-se os resultados das duas partidas) avança na competição. E é esse o campeonato onde Cruzeiros e Atléticos se enfrentam na final dessa quarta-feira. Nessa competição, o campeão também ganha o direito de participar da Taça Libertadores.

Cabe aqui uma relevante observação: Os únicos times brasileiros que NUNCA foram rebaixados são: Os Melhores do Mundo (Flamengos), os São Paulos (ui!), os Cruzeiros, Os Internacional e os Santos.

Parabéns pros Cruzeiros!

Fórmula 1: Duas notícias traduzem bem o que rolou de mais importante na F1:

A primeira foi a disputa do título. O inglês Lewis Hamilton, que também pega a Pussycat Doll, Nicole Scherzinger, foi bicampeão ontem, na prova disputada em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos). O cara mandou muito bem e mereceu o título!

E a segunda notícia que gerou um bafafá no mundo da F1 foi que o alemão Sebastian Vettel, mais jovem tetracampeão da F1 (feito realizado aos 26 anos) fechou contrato com a Ferrari. Ele corria pela escuderia Red Bull, que não fez um bom campeonato em 2014. Detalhe, para sair da equipe que lhe deu asaaaaaas e fechar com os vermelhinhos da Ferrari, o garoto vai receber 600 MILHÕES de reais por 3 anos de contrato (maior contrato da história da F1). Isso dá 200 MILHÕES por ano, 548 MIL por dia ou 22.834 mil por hora! Só pra vocês terem uma ideia, se o moço gastar 10 minutos numa singela “barrigada”, ele terá embolsado 3.805 MIL dinheiros! Bizarro né?!

Enfim, até a próxima segunda!

Diogo Brandão é carioca, marrento e flamenguista. Torce para o Real Madrid, Broncos, Nadal e Bulls. Prefe biscoito a bolacha e escreve a coluna Esportes para o Clip13. 

O Clip13 é uma ferramenta para divulgar as notícias de forma rápida e divertida. Para maiores detalhes ou para conferir a fonte de cada notícia, basta clicar no título e você será redirecionado para a página original. Crédito das imagens: 1, 2

Confira nosso Blog, curta no Facebook e nos siga no Twitter!    

Clipping 18/11 + Cultura

Terça Feira – 18 de Novembro – Há 86 anos surgia o Mickey, há 29 as tirinhas do Calvin e Haroldo e há 16 o jogo Half-Life.

 

Juízo Final

Comentamos ontem que desde sexta feira a polícia iniciou a sétima fase da operação Lava Jato, chamada de Juízo Final. Palmas para o departamento de marketing da PF. os caras dao uns nomes muito bons!

aplauso

Nesta fase, 23 diretores pica de construtoras pica foram presos. Claro que não foram preeesos preeeeesos, mas sim presos preventivamente (para que não fujam ou façam merda) ou temporariamente (para dar tempo da polícia fazer suas investigações). O problema é que existe uma parada no Brasil chamada “lei” que diz que quem estiver preso temporariamente deve ser solto em 5 dias, o que, pelas contas, significa que os malucos devem ser soltos hoje. Por conta desse prazo apertado, os delegados la de Curitiba (onde os caboclo estão detidos) estão fazendo um mutirão para interrogar todo mundo. Estou falando tudo isso porque a partir das 18:12 os grupos de whatsapp vão bombar falando que no Brasil rico nao fica preso e nhe nhe nhe. O negocio está certo! Os caras foram detidos, vão falar o que sabem e depois vão ser soltos. Daí vão começar o processo e se eles forem condenados, passar um tempinho mais longo no xadrez. Capice?

Mas PQ?

Mas você deve estar se perguntando: “por que estes senhores foram detidos?”. Eu explico. A operação Lava Jato mostrou que havia um esquema forte de propinas rolando na Petrobrás. Foi nessas que Paulo Roberto Costa, ex diretor, foi preso e acabou contando mais ainda sobre os esquemas. Nessa rede de propinas, suspeita-se que uma das maiores seja com as empreiteiras que realizam as obras da Petrobrás e, por isso, os diretores citados nas delações ou que apareceram nas investigações foram detidos para interrogatório. O assunto é tão quente que em setembro a ex-contadora do Alberto Youssef foi abordada por um maluco que chegou com aqueles papinhos de mafioso “sei que você tem uma filha”, “cuidado como que fala” e por aí vai. O cara dizia que era advogado e que representava as construtoras. Mal sabia ele que a mulher estava gravando a conversa que acabou virando uma ameaça. Entendeu agora por que tem gente preso preventivamente?

Treta Santa

Por mais que os bombardeios tenham parado, a treta entre judeus e palestinos continua. Na segunda feira um motorista de ônibus palestino foi encontrado morto em Jerusalém Ocidental (controlada pelos judeus). Em resposta a isso, dois palestinos entraram em uma sinagoga (igreja de judeus) e mataram 4 pessoas com uma pistola, uma faca e um machado (pois é). A polícia passou fogo nos dois caras e a situação foi controlada. Logo após o ataque, os dois grupos palestinos da pá virada divulgaram comunicados elogiando o ataque. O primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que isso é um resultado da incitação feita pelo presidente palestino e pelo Hamas. Só esperamos que isso não seja o estopim pra mais alguns meses de bombardeios por la.

Matrimonio

Você certamente já ouviu o nome Charles Mason. Esse cara criou uma seita maluca que acabou cometendo uma série de crimes em 1969 com o objetivo de iniciar uma guerra entre negros e brancos. A ideia obviamente não deu certo, mas, no processo, 7 pessoas foram mortas, incluindo aí a esposa do diretor de cinema Roman Polanski que estava grávida de 8 meses. Os crimes chocaram o mundo todo e Mason foi condenado à pena de morte. Quando a California aboliu a pena de morte, Mason passou a cumprir prisão perpétua e está lá apodrecendo na cadeia desde 1971. Estou contando tudo isso porque Mason, aos 80 anos, decidiu seguir o exemplo de Susane Richthofen e resolveu se casar, mas, diferentemente de Su, a noiva de Charles não está presa. Trata-se de Afton Elaine Burton, de 26 aninhos.

Bafafás Eleitorais

Já faz quase um mês das eleições, mas ainda continuam aparecendo maracutaias e bafafás daqueles fatídicos finais de semana da democracia. A mais nova destas mutretas foi batizada de “Voo da Vitória”. O causo é o seguinteles: no domingo do segundo turno, 26 petistas (7 ministros e 19 assessores) foram de São Paulo para Brasilia em um jatinho da Força Aérea (FAB) para chegar a tempo da festa da vitória após terem votado em SP. Os ministros presentes foram Eduardo Cardozo (justiça), Aldo Rebelo (esporte), Miriam Belchior (planejamento), Aloizio Mercadantes (Casa Civil), Ricardo Berzoini (articulação), Artur Chioro (saúde) e Eleonora Menicucci (Mulheres). Eis os problemas: 1- o avião não estava a serviço do governo, e sim do PT. O que não pode. 2- o Ministério da Justiça declarou que haviam 26 passageiros no avião, enquato a FAB falou que na verdade eram 50. Ihhh..

Campanha

Pedro Henrique Cardoso. Um jovem estudante de Fortaleza comemorou seu aniversário no dia 15 de setembro e, ao inves de pedir presentinhos, iniicou uma campanha para que lhe dessem garrafas de água no seu aniversário para que depois pudesse as distribuir para locais que sofrem mais com a sede. Nessa brincadeira, PH arrecadou 14 mil litros dos quais 6 já foram entregues a uma creche no município de Irauçuba e 8 estão a caminho de Choró. E você aí reclamando que recebeu uma meia, um ioiô e um album do brasileirão de aniversário.

Rock in Rio

Começou hoje as 10 da manhã as vendas do Rock in Rio Card, uma espécie de vale ingresso que você utiliza para marcar o dia do festival que você quer ir. Legal né? O problema é que das 10 até o horário do fechamento desta edição, este que vos escreve estava parado na fila virtual esperando para poder comprar seu card, sem sucesso. Caso você queira tentar comprar essa joça, clique aqui. Se conseguir, lembre de mandar um aqui para a equipe. Se não conseguir, relaxa ai que avisamos quando abrirem as outras formas de venda.

Rostinho

Com os video games se tornando cada vez mais tecnológicos e reais, as figuras que aparecem nos jogos tem despertado a atenção dos fans. A primeira onda desse vínculo “personagem/ator” veio com GTA V. A galera, depois de acompanhar a história do jogo, quis conhecer quem eram as figuras por trás de Michael, Trevor e Franklin e os caras que deram movimento e voz a estes personagens viraram celebridades da noite para o dia. Agora, a série Call of Duty (espetáculo) quer fazer o caminho inverso. No seu último jogo, que foi lançado nesta semana, está a figura de Kevin Spacey. O ator gravou movimentos, expressos e falas para o personagem o que permitiu a criação de uma versão digital perfeita do cara!

Spaceymocap-115-610

-O resultado vale a pena-

Cultura

por Guilherme Rodrigues

Download gratuito. Só que não

A cultura sempre foi indústria, sempre. Na Grécia antiga, em Atenas, os festivais de teatro tomavam parte por volta da primavera e recebiam enormes quantidades de pessoas (provavelmente apenas homens) para a ostentação da cultura ateniense, em seu auge no séc. V; em Roma havia os famosos festivais no Coliseo, a famosa prática do “pão e circo” que serviria para manter o povo sob controle e ostentar o poder do governo; na Idade Média, uma série de festivais também eram comuns nos grandes feudos, coordenados, geralmente, pela Igreja católica.
Hoje a indústria da cultura cresce e vive bem, especialmente com as novas artes sendo tão populares, e aqui eu faço meu argumento em volta de um tipo de arte das mais revolucionárias de todos os tempos: o Video-Game. Como toda arte de vanguarda, ela demora a ser aceita como tal, mas será, de qualquer maneira, o video-game já tem um impacto interessante na nossa sociedade atual. E o número de produtores de jogos e de consoles só cresceu nos últimos vinte anos. Para quem nasceu nos anos oitenta, o Atari era o console da época, pouco concorrido com o Nintendinho; nos anos noventa, o Super-Nintendo, o Sega Saturno; o PlayStation e o Nintendo 64 – já no final da década -; e já no século novo a introdução do X-Box na brincadeira.
Mas é nesta década mais recente que a indústria do video-game teve uma grande reviravolta: os jogos para celular e tablets. Angry Birds foi um dos pioneiros sucessos, mas hoje já há inúmeros de grande recepção – como Candy Crush Saga e outros do tipo. O mais interessante é o método que estes jogos usam para se vender. Eles são “de graça”… Só que não. Os jogos chamados de “freemium” tem download gratuito, mas dentro do jogo há diversas possibilidades de compra para tornar o jogo melhor. A tática de venda é simples: o jogo é legal, mas nem tanto, e há bastante espera de fase para fase; a jogabilidade se baseia em níveis mais ou menos parecidos que tem como base um loop comum de RPG: explorar, coletar, melhorar; mas junto com os pontos de experiência de jogo, é oferecido ao jogador uma possibilidade de comprar estes pontos por preços singelos (US$ 0,50 – 0,90). A partir da compra o jogo se torna mais divertido. Além disso, é possível notar como estes jogos se utilizam de uma tática muito parecidas com aquela dos cassinos: coisas brilhantes e chamativas, elogios ao jogados por qualquer tipo de coleta, músicas repetitivas, um dinheiro falso que se pode comprar (o virtual currency – que faz com que o jogador se esqueça que ele está gastando dinheiro de verdade), entre outros fatores.
Antigamente, a lógica de se jogar video-game era muito simples: o jogador compra o jogo e se diverte; hoje não. A indústria do video-game hoje mais lembra um cassino que vicia alguns jogadores em gastos pequenos, que podem se tornar – como nos caça-níqueis – gastos enormes em acúmulo. Isso me faz sentir saudades de jogos realmente divertidos da década de noventa, como Final Fantasy VII, Chrono Trigger, Zelda: Ocarina of Time; mas também isso me faz lembrar que toda cultura é, na verdade, uma indústria.
Sugiro ainda para os interessados, um dos últimos episódios de South Park que satiriza esses jogos de celular, desta temporada, chamado “Freemium isn’t free”.
-No more lives mesmo-

-No more lives mesmo-

Guilherme Rodrigues é Corinthiano, mas mesmo assim estudou no ensino superior e é professor de língua portuguesa e literatura , e ainda curte apreciar uma arte por aí. Escreve para o Clip13 toda terça.

O Clip13 é uma ferramenta para divulgar as notícias de forma rápida e divertida. Para maiores detalhes ou para conferir a fonte de cada notícia, basta clicar no título e você será redirecionado para a página original. Crédito das imagens: 12

Confira nosso Blog, curta no Facebook e nos siga no Twitter!

Clipping 29/09 – Cultura

Segunda Feira – 29 de Setembro – Há 18 anos era lançado o Nintendo 64. Se sentiu velho ai? Falando em velho, há 2 anos morria Hebe Camargo aos 136 anos

Fala Galere!

Demorou um pouquinho mas o Clip13 volta a ser diário a partir de hoje! Aeeeeee!!

Bora pras notícias!

 

Debate

Ontem rolou o quarto debate na TV entre os candidatos à Presidência. No fight entre Dilmão e Marina Osmarina o tema foi etanol e partidos. Marina questionou os motivos do setor de produção de álcool está tão ruim mesmo após o governo Lula ter investido tanto nessa frente. Em resposta, Dilma disse ser muito difícil solucionar o problema energético do Brasil só com hidrelétrica (?). Quando chegou a vez da presida cutucar a acriana, a porrada já começou com um “a senhora já trocou de partido 4 vezes em 3 anos. Qualéqueé?”. Marina respondeu com aquela velha “troco de partido pra não trocar meus ideais e valores” e passou a justificar porque votou a favor do CPMF enquanto era senadora e agora ficou contra. Aliás, as mudanças de posicionamento de Marina foram outro golpe que Dilma quis dar, questionando por que a moça trocou de ideias com relação a temas importantes como a CLT, a homofobia e o pré-sal. Quando a treta passou pra Dilma x Aécio, o foco foi a Petrobrás. Snows questionou o merdelê todo que está acontecendo na administração e nas contas da empresa, enquanto Dilma insistiu que era interesse do PSDB privatizar a companhia, ao que Aécio respondeu que, na realidade, seu interesse é em reestatizar a ÇPetrobrás tirando-a “das mãos desse grupo político que tomou conta da empresa e está fazendo aqui o que nenhum brasileiro poderia imaginar”. Vixe.. voadora de dois pé no peito.

telecacth5

– Voadora de Dois Pé –

Levy Fidelix, por sua vez, perdeu excelentes chances de ficar calado e acabou soltando diversas afirmações homofóbicas, dentre as quais se destaca a pérola “o aparelho excretor não reproduz”. Não satisfeito com a constatação óbvia de biologia, o bigode ainda falou da “necessidade de enfrentar essa minoria”.

Eduardo Jorge, Pastor Everaldo e Luciana Genro continuaram sendo mais ignorados que anúncio de youtube.

A Queda de Lenin

Desde o começo do Clip13, já soltamos diversas notícias sobre os separatistas ucranianos (é só clicar aqui para se inteirar). Só que dessa vez o foco é nos nacionalistas do país. O lance é o seguinte: a treta atual da Ucrânia se deve ao fato de uma tchurma lá estar afim de se separar do país e se juntar a Rússia, que controlou a região toda por ali durante o período em que era União Soviética. A Rússia, que não é boba, apoia o movimento meio que naquelas porque apoiar muito abertamente da motivo pra treta. Nesse fuzuê, os nacionalistas ucranianos decidiram mostrar seu posicionamento indo até o centro da segunda maior cidade da Ucrânia para derrubar uma estátua enorme do Lenin que havia la, já que esse brother foi um dos grandes responsáveis pela Revolução Russa que levou à criação da União Soviética. Sacaram o simbolismo?

Lenin(2)

– Vladimir Lenin. O da estátua derrubada – 

Cagaço
Em todos os principais jornais de hoje está a manchete “Obama Reconhece que Subestimou o Estado Islâmico”. Mas calma que ainda não aconteceu nada de grave. A declaração foi feita durante uma entrevista a um jornal do canal CBS. Nesta entrevista, Barack disse que grupos armados radicais aproveitaram o longo período de conflitos na Síria para se estabelecer e se desenvolver junto a ex-integrantes das forças de Saddam Hussein, o que faz do Estado Islâmico um grupo mais organizado e bem preparado que um órgão terrorista normal. O  problema é que as agências de inteligência dos EUA só estão se tocando disso agora. O plano ainda é continuar com os bombardeios localizados para desestabilizar o EI.

Delação

Acaba de surgir um forte candidato para disputar o título de King of Caguetas com Paulo Roberto Costa (o ex diretor que está delatando o merdelê da Petrobrás pra sair livre). Este candidato é ninguém menos que o véio de clipping Alberto Youssef. O doleiro mais famoso do Brasil está negociando com o Ministério Público Federal para contar tudo que sabe das mutretas investigadas na Operação Lava Jato. Tudo indica que o x-9 vai acontecer essa semana. Vocês sabem, assim que rolar, a gente conta!

Miss P

Rolou ontem em BH o concurso Miss Prostituta 2014. Viiiiiirge Mariiiiia kiabsuurdo!! Calma. Não se exalte. O concurso foi realizado como parte da programação do Festival Nacional Sem Preconceito e teve como objetivo levantar o debate sobre a regularização da profissão mais antiga do mundo, com foco nos direitos e na saúde das mulheres. Se você está curioso, a vencedora foi Vaneska, de 25 anos.

Casório

No maravilhoso mundo dos famosos, o destaque do final de semana ficou para o casamento de George Clooney com a advogada britânica Amal Alamuddin (to ligado que esse nome não é inglês. Ela é de origem libanesa). O casamento foi lindo e emocionante e bla bla bla em Veneza com a presença de muita gente famosa como Angelina e Brad, Bill Burray (gostbusteeers), Ian Carlos, Bono “Ta em Todas” Vox e Matt Damon. Chic demais.

Cultura
por Guilherme Rodrigues

O Herói e seus Caminhos

Eu comecei a ler quadrinhos desde muito pequeno, quando comprava nas bancas de jornal e em algumas poucas livrarias que havia em campinas as chamadas “revistinhas” do Homem-Aranha, sempre meu herói preferido. E sempre essas narrativas foram muito divertidas para mim, conforme envelheci, variei o número de quadrinhos que gostava de ler e eventualmente abandonei o gênero, mas mesmo assim ainda reconheço sua força e beleza – especialmente hoje que o refinamento chegou a níveis absurdos. Quem gosta de ler quadrinhos não pode se envergonhar, já que as narrativas hoje dos grandes heróis de empresas como Marvel e DC, bem como os conhecidos quadrinhos japoneses (“mangás”), apresentam elementos típicos de grandes narrativas da história.

Existe uma teoria na narratologia, um estudo típico das estruturas das narrativas, que especula sobre um caminho muito comum que seguem as narrações míticas das grandes civilizações; chama-se isso de “monomito”, ou, como é senso-comum, a “jornada do herói”. Na teoria, o que é admitido é que um herói, um protagonista de um mito, sempre segue uma jornada muito parecida, em que enfrentará uma sequência de fatos uniforme, até certo ponto. Tome-se como exemplo o caminho de Jesus Cristo e Luke Skywalker, protagonista da série Star Wars de George Lucas:

No início, o herói se encontra em um ambiente comum (uma fazenda, por exemplo) e, por algum motivo, ele é chamada para uma grande aventura, uma introdução a um mundo desconhecido (a busca pela sua origem em um planeta desconhecido, ou terras desconhecidas). Inicialmente, o herói recusa a jornada, por vários motivos (incredulidade, insegurança ou um senso de obrigação), mas, assolado pelo tédio da vida comum, trabalho duro, o herói se encontra impelido a aceitar a jornada. Adentrando-na, por vias próprias ou não, o herói se encontra com um mentor (uma entidade sobrenatural, ou com poderes sobrenaturais, ou estranhos ao herói) que dará ao pupilo, frequentemente, um talismã ou algo parecido com isso (um cajado, uma espada, ou fragmento do poder sobrenatural); o herói, então, se transforma, sendo absorvido pelo mundo estranho, praticamente aniquilando o seu antigo “eu”, nesta passagem é comum o seu sumiço em um lugar obscuro (uma caverna, um pântano). 

Após a transformação, dá-se início à fase de testes: o herói passará por uma série de provações, em que falhará em uma ou outra, mas eventualmente estará em face de sua fraqueza e tentação, fazendo-o atrair para longe de sua jornada (o lado ruim do poder, o aniquilamento de seu povo); assim o herói enfrentará seu nêmesis (o irmão, o pai, uma figura de grande poder), o símbolo do teste final, ocorrendo assim sua apoteose (uma morte física ou espiritual, ou mesmo o encontro com um artefato/poder sobrenatural que completa a jornada). Após a grande jornada, o herói deve retornar ao mundo normal, ordinário, a partir também de uma microjornada em que enfrentará problemas para reconciliar seu poderes com o mundo e pessoas comuns, que, sendo sobressaídos, ele se torna o mestre de si mesmo, podendo se entregar livremente à vida e à morte.

A jornada do herói é uma fórmula interessante, que é utilizada em uma série de narrativas da cultura pop, inclusive nas grandes narrativas das revistas em quadrinhos e séries de filmes que hoje são comuns no cinema. Apreciá-los é um grande prazer, já que também nos lembra bem das belas narrativas do mundo mítico e também nos leva a uma jornada do herói, algo que todos nós gostaríamos de ter.

N.E.: Apliquem a formula a Harry Potter, Frodo, Simba, Goku, Homem de Ferro ou Aladdin para ver como a ideia não falha nunca!  

Guilherme Rodrigues é Corinthiano, mas mesmo assim estudou no ensino superior e é professor de língua portuguesa e literatura , e ainda curte apreciar uma arte por aí. Escreve para o Clip13 toda segunda.